Project

General

Profile

Overview

Diante da tendência global da explosão do uso de dispositivos móveis impulsionada pelos avanços na comunicação sem fio, na miniaturização de dispositivos e no aumento da duração das baterias, surge a urgente necessidade de modelos de programação e plataformas de desenvolvimento adequados para o projeto, gerenciamento e execução de sistemas computacionais distribuídos. A mobilidade, a intermitência das conexões e os longos atrasos na transmissão de mensagens introduzem mudanças consideráveis e desafiam as pressuposições fundamentais da área de sistemas distribuídos para a concepção de sistemas. O presente projeto tem por objetivo a definição de um modelo baseado no conceito de campos magnéticos virtuais (por nós proposto em trabalho relacionado [7]) para a concepção e implementação de aplicações distribuídas com suporte transparente à mobilidade em Redes Tolerantes a Atrasos e Desconexões (DTNs) usando o paradigma de Memória Compartilhada Distribuída com espaços de tuplas. Visa-se assim não apenas a definição de um método/algoritmo de atração de mensagens de forma a encaminhá-las eficientemente aos seus destinatários, mas igualmente objetiva-se a definição de um modelo de simulação apropriado. As aplicações do conceito são inúmeras envolvendo desde o domínio de negócios e comércio eletrônico até telecomunicações e comunicações pessoais, defesa nacional (monitoramento de movimento de tropas) ou segurança pública, gerência de cenários emergência e desastres naturais, operação e monitoração remota de dispositivos e no acesso pervasivo à Internet. Além dessas, aplicações de telemetria, e toda uma gama de sistemas ditos "sensíveis a contexto" (cujo comportamento é alterado em reação a mudanças no contexto no qual estão inseridos) têm despertado o interesse da academia, indústria e governos. Outras aplicações incluem monitoramento ambiental, estudo de comportamento animal e a inclusão digital de comunidades rurais remotas servidas por algum meio de transporte regular.