Project

General

Profile

Overview

Programas de Melhoria de Processos de Software (MPS) têm sido implementados nas organizações com o objetivo de promover ajustes nos seus processos de produção de software, de modo que possam obter maior vantagem competitiva. Como forma de guiar estas melhorias, diversos modelos baseados no conceito de maturidade e capacidade foram desenvolvidos e vêm sendo utilizados (CMMI-DEV, MR-MPS-SW, ISO/IEC 15504 etc.). Muitas organizações optam por orientar-se por estes modelos e, além disto, submeter-se a um processo de avaliação que lhes atribui um nível de maturidade. Este resultado obtido tem uma validade estipulada (em geral de 3 anos), período após o qual a organização deve submeter-se novamente a uma avaliação. Sabe-se, no entanto, que diversas organizações optam por não renovar sua avaliação. Algumas delas, mesmo não se submetendo novamente a uma avaliação, continuam a utilizar as práticas inicialmente adotadas e outras, no entanto, as abandonam ao longo do tempo. O objetivo deste projeto é desenvolver pesquisas para compreender os fatores que motivam as organizações a continuar utilizando as práticas implementadas, bem como os fatores que as levam a abandonar o programa de melhoria. Os resultados serão úteis para que as empresas possam planejar mais adequadamente os seus programas de melhoria, buscando minimizar os fatores que possam levar ao fracasso do programa ao longo do tempo.