Project

General

Profile

Overview

Ao longo dos anos cresceu o uso de modelos de maturidade como forma de guiar a melhoria de processos de software e prover a base para uma avaliação da organização. Paralelamente, empresas perceberam a necessidade de simplificar e desburocratizar os seus processos, de mofo a acompanhar a rápida evolução das necessidades do mercado de TI. Este movimento produziu uma geração de métodos denominados ágeis. No entanto, conforme demonstram nossas pesquisas, embora empresas ágeis também tenham obtido avaliações positivas em níveis de maturidade, estes dois mundo partem de premissas muito diferentes. Mas se os conceitos sobre maturidade divergem tanto entre estas duas comunidades, como é possível que práticas de métodos ágeis sejam sustentáveis dentro de um ambiente que reforça o caminho prescritivo? Isto nos levou à delimitação da questão principal a ser respondida por este projeto que é "como as empresas que utilizam métodos ágeis e que foram avaliadas de acordo com modelos de referência baseados em maturidade se comportam em relação à evolução dos seus processos após a avaliação oficial?".