Project

General

Profile

Overview

A classificação é uma importante tarefa em reconhecimento de padrões e tem sido utilizada em diferentes aplicações nas mais variadas áreas de atividade humana. Classificar, basicamente, consiste em atribuir uma classe específica, dentre várias possíveis, a um determinado padrão de teste desconhecido. Criar um único classificador universal que apresente desempenho adequado para todo o espaço de características é uma meta praticamente utópica em determinadas aplicações. Uma alternativa interessante tem sido a construção de sistemas baseados em múltiplos classificadores (SMCs) ? nos quais, vários classificadores fornecem opiniões individuais, que são posteriormente ?combinadas?. Na verdade, parte-se do princípio que diferentes classificadores erram na classificação de diferentes padrões, o que significa que com a combinação pode-se chegar a decisões mais precisas. A construção de um SMC envolve, basicamente, a definição da estratégia adequada para a criação dos classificadores a serem utilizados e a determinação do esquema de combinação. Em geral, após uma primeira etapa que consiste na criação de um conjunto diversificado de classificadores, é possível combinar todos os elementos do conjunto, assumindo-se que estes têm o mesmo conhecimento de todas as áreas do problema, ou optar pela seleção de um classificador, ou um subconjunto de classificadores mais adequado. Tal seleção pode ser realizada de maneira estática ou dinâmica. Na abordagem estática, o melhor classificador, ou subconjunto de classificadores, é selecionado para todos os exemplos de teste. Já na abordagem dinâmica seleciona-se um classificador, ou subconjunto de classificadores, para cada padrão de teste. O foco deste projeto está na seleção dinâmica de subconjuntos de classificadores a partir de um conjunto inicial criado com base em estratégias que garantam diversidade e precisão. Na literatura, fica evidente a importância do conceito de oráculo na seleção dinâmica de conjuntos de classificadores.